Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

the book keeper

10
Abr17

A Man Called Ove

amancalledove.jpg

Illustration: campsis

 

“And time is a curious thing. Most of us only live for the time that lies right ahead of us. A few days, weeks, years. One of the most painful moments in a person's life probably comes with the insight that an age has been reached when there is more to look back on than ahead. And when time no longer lies ahead of one, other things have to be lived for. memories, perhaps.”

 

Eu nem sei por onde começar com este livro. É sempre assim com livros que me emocionam profundamente. 

A Man Called Ove, é sobre um velhote que perdeu a sua cara-metade e que por isso decide que não tem mais razões para viver. Ou pelo menos é o que ele acha porque a vida troca-lhe as voltas e põe no seu caminho uma família muito especial e um gato muito teimoso. A história é absolutamente ternurenta, particularmente na forma como nos conta o romance entre Ove e a sua mulher. Como é que duas pessoas tão diferentes podem completar-se, puxando pelo melhor de cada uma? É um livro que dá que pensar nas coisas importantes da vida. E o Ove era um homem de coisas realmente importantes, de valores e de princípios. O Ove roubou o meu coração e tenho a certeza que será capaz de roubar o vosso. :) Mal posso esperar para ver o filme!

 

A este respeito, aproveito para comentar que mais uma vez os escritores suecos me surpreendem. Nos mais diversos géneros, a literatura sueca tem vindo a posicionar-se no pódio dos meus favoritos. 

3 comentários

Comentar post